5 mitos e verdades sobre crianças e o uso da tecnologia

5 mitos e verdades sobre crianças e o uso da tecnologia

5 mitos e verdades sobre crianças e o uso da tecnologia

5 mitos e verdades sobre crianças e o uso da tecnologia. Fevereiro é conhecido por ser o mês da Internet Segura, tendo em seu calendário uma data dedicada à fomentar discussões sobre o tema, que está cada vez mais em evidência com o avanço da tecnologia.

Trazendo isso para o contexto da relação do público infantil com a rede, a pesquisa TIC Kids Online apontou que 86% das crianças e adolescentes do Brasil com idade entre 9 e 17 anos usam a internet, número que representa mais de 24 milhões de crianças online.

 “Os pais são os grandes responsáveis por gerir o que os pequenos consomem na internet. Por isso, é fundamental que estejam antenados com os possíveis perigos e também informados sobre o bom uso”, explica Nathalia Pontes, coordenadora da área de Pesquisa & Desenvolvimento Educacional da PlayKids. Veja os mitos e verdades listados pela especialista.

1- O uso da internet é totalmente prejudicial para as crianças – Mito

 É preciso saber ponderar e entender esse uso. Há um universo gigante a ser explorado e o mundo virtual pode se tornar um grande ambiente para estudos, por exemplo. Mas, é preciso tomar cuidado! A OMS recomenda que crianças menores de 5 anos de idade não passem mais de um hora por dia diante de telas de celulares, TVs ou tablets.

2- Os pais podem controlar os acessos dos filhos – Verdade

 Sabemos que há uma linha tênue entre o controle e a privacidade dos filhos. É importante que esse último fator seja respeitado, entretanto é preciso garantir a segurança das crianças.

“Manter um diálogo aberto, conversando sempre sobre os perigos iminentes, faz com que a criança se sinta segura para abordar alguma situação incomum que tenha passado. Além disso, oferecer plataformas exclusivas e observar o comportamento são algumas dicas importantes para administrar a vida online dos pequenos”, pontua Nathalia.

3- Exposição excessiva pode trazer problemas de saúde – Verdade

 Ao ficar muito tempo perto das telas, as crianças podem desenvolver problemas ligados a solidão, depressão, ansiedade, baixa autoestima e até agressividade, por causa do isolamento físico que as telas muitas vezes impõe. Mas, é importante ressaltar que esses sintomas são derivados do tempo excessivo usando a internet.

4- Tecnologia atrapalha o desenvolvimento – Mito

 “As crianças da geração Z já nasceram no ambiente digital e isso é um fato. É importante pensar o quanto essa relação pode ser positiva. A internet tem potencial para ser um excelente recurso para algumas áreas cognitivas, como criatividade, desenvolvimento da linguagem e habilidades sociais”, garante a especialista.

Alguns desenhos, filmes e até mesmo games, desde de que voltados a faixa etária correta, podem ser os grandes precursores dessas mensagens de desenvolvimento.

5- Internet pode virar sala de aula – Verdade

 De acordo com Nathalia, o ambiente digital não deve substituir as escolas. O que vai acontecer é uma mudança no formato tradicional de ensino e a tecnologia terá um papel cada vez mais importante dentro desse cenário.

Além dessa integração com as escolas no aprendizado do dia a dia, a internet serve como um grande campo de buscas e pesquisas, agregando conhecimento, além de abrir mais possibilidades de aprendizados.

 “O fundamental é que os pais e responsáveis encontrem o ponto de equilíbrio para que os pequenos não se prejudiquem e nem deixem de aproveitar oportunidades de desenvolvimento, por meio da mediação constante”, finaliza.

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts