6 investimentos financeiros para o futuro do seu filho!

6 investimentos financeiros para o futuro do seu filho!

6 investimentos financeiros para o futuro do seu filho!

6 investimentos financeiros para o futuro do seu filho! A decisão de ter filhos por si só, já é uma das mais importantes que tomamos na vida, mas ao longo da maternidade e paternidade, vamos percebendo que as preocupações vão além dos cuidados com a saúde e a educação. Elas se estendem também para o início da vida financeira dos nossos pequenos.

Os objetivos que impulsionam os pais a pouparem para o futuro dos filhos são diversos: compra de um imóvel, estudos fora do Brasil ou mesmo para proporcionar mais conforto financeiro no início da vida produtiva.

Pensando nisso, separei a seguir alguns investimentos que valem a pena serem estudados com atenção pelos pais.

1- Tesouro IPCA+

O Tesouro IPCA+ é um título público federal disponível na plataforma do Tesouro Direto. Sua rentabilidade é mista: uma parte pré-fixada e outra pós fixada, o que garante ao investidor um rendimento superior à inflação. É um título bem popular no país e sua indicação é para o longo prazo.

2- Fundos multimercados

Fundos são “bolsões de investimento” que reúnem uma série de ativos escolhidos e gerenciados por um gestor. São boas opções para o investidor, que pode escolher um Fundo Renda Fixa ou Renda Variável. No caso dos fundos multimercado, como o próprio nome sugere, esse fundo envolve uma série de ativos que permitem ao investidor montar uma estratégia diversificada. 

3- Previdência Privada

Um investimento muito popular, porém comumente mal escolhido quando se opta por fundos muito conservadores (lembre que para longo prazo, abrimos mão da liquidez em troca de maiores rentabilidades), ou quando o investidor desconhece as características da modalidade que mais se adapta para o seu caso: PGBL ou VGBL.

A Previdência Privada é muito citada quando falamos de aposentadoria, mas ela pode perfeitamente ajudar a construir patrimônio para seu filho, inclusive sem a necessidade de passar mais tarde, por inventário.

4- Ações na Bolsa de Valores

Ao comprar uma ação, o investidor está se tornando sócio da empresa da qual ele comprou parte. É um tipo de investimento que demanda mais estudo e conhecimento do investidor.

As ações são listadas na Bolsa por códigos e há várias ofertas no mercado; esses são alguns dos motivos pelo qual a contratação de um profissional na área pode fazer toda a diferença para uma boa carteira no longo prazo.

5- Fundos Imobiliários (FIIs)

Fundos Imobiliários são constituídos por imóveis, sejam físicos, como shoppings, galpões de logística ou escritórios comerciais (os chamados “Fundos de Tijolo”), sejam em recebíveis imobiliários (chamados de “Fundos de Papel”).

Eles possuem dois grandes atrativos: a exigência menor de recursos para começar um investimento e a isenção do IR no recebimento dos dividendos.

6- LCI e LCA

As LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) são títulos de renda fixa que contam com cobertura do FGC e ainda, isenção de IR. As letras de crédito não permitem resgate antecipado (indicadas para longo prazo), mas em troca, costumam pagar rentabilidades diferenciadas ao investidor.

São várias opções, não é? Algumas exigem um maior conhecimento do mercado, outras já são bem conhecidas do público em geral.

O importante é que os pais entendam que esses investimentos são indicados para o longo prazo e que, a melhor estratégia envolve a diversificação. Diversificar significa não aplicar todos os seus recursos em um só tipo de investimento.

*Por Carol Stange (https://carolstange.com.br) – Ao longo dos seus 15 anos de experiência na orientação de amigos e clientes sobre finanças pessoais e desenvolvimento de pequenos negócios, Carol Stange já prestou auxílio, consultoria e cursos (presencial e online) para em torno de 1,5 mil pessoas. É colunista sobre finanças pessoais dos veículos Guia Bolso,  Cobizz, Revista Em Condomínios (maior mídia regional do país) e do blog empresarial Paketá Crédito. É também multiplicadora do programa de educação financeira “Eu e meu dinheiro” do Banco Central.  Já foi já foi consultora de economia doméstica no programa Mulheres da TV Gazeta.

Criadora da marca “Como enriquecer seu Filho”, com a produção de conteúdo voltado para pais que desejam educar seus filhos através de conceitos práticos de educação financeira, e de conteúdos para jovens e crianças, que podem ser utilizados nas escolas. Certificada internacionalmente pelo ICF (Instituto Coach Financeiro) com Especialização em Planejamento Financeiro Pessoal pela GFAI (Academia de Planejamentos Financeiros). Formada em administração de empresas pela PUC – PR, cursou MBA em Gestão Empresarial pela UEL/MEB e MBA em marketing pela PUC -SP.

https://m.polishop.vc/novafamilia/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »