Alivie os desconfortos da gravidez com o Pilates

Alivie os desconfortos da gravidez com o Pilates

Alivie os desconfortos da gravidez com o Pilates

Alivie os desconfortos da gravidez com o Pilates. A prática de exercícios físicos como o pilates durante a gravidez é recomendada pela maioria dos obstetras.

Guardada a importância de que no primeiro trimestre, devido ao risco de aborto, não é indicada qualquer atividade física (o organismo precisa se manter integro para desenvolver o feto), modalidades como o Pilates são importantes para que as gestantes adquiram consciência corporal dos músculos profundos do abdômen (assoalho pélvico e transverso abdominal) para o preparo do parto e do pós-parto. Um CORE fortalecido também é capaz de evitar dores nas costas, muito frequentes na gestação.

 A partir do segundo trimestre são indicados treinos de mobilidade e fortalecimento geral, além de estímulos nos músculos profundos do abdômen. É importante ressaltar que os exercícios de flexão de tronco não são adequados.

O ideal é trabalhar os músculos abdominais sem propor flexão de tronco para proteger o músculo reto abdominal e não estimular uma diástase. Durante a gravidez, as fibras musculares retas que sustentam o abdômen se estiram e esse afastamento forma um pequeno espaço que separa os dois lados da musculatura.

 Já no terceiro trimestre é proposto um agachamento de cócoras para auxiliar o encaixe do bebê, além de exercícios com a bola suíça, ótimo equipamento para auxiliar no suporte de sentar e de agachamentos.

Os exercícios devem ser realizados com intensidade moderada, já que os batimentos cardíacos da gestante se encontram mais elevados para suprir as necessidades do feto.

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »