Calma, você não está sozinha! A solidão materna

solião materna

Calma, você não está sozinha! A solidão materna

A gestação

Calma, você não está sozinha! A solidão materna. A gestação é sempre uma fase emocionante da vida de qualquer mulher, as mudanças que uma gestação traz emocionalmente, psicologicamente e fisicamente são inúmeras.

Tudo e muito lindo, mas nem sempre é assim!

E se você não se sente plena o tempo todo, calma! Está tudo bem e você não está sozinha.
A pessoas 99% das vezes falam com a gente sempre os mesmos assuntos , quantas semanas?

Qual o sexo? Vai ser normal ou cessaria? rs… sem contar às vezes que as pessoas cumprimentam primeiro a nossa barriga do que a nós mesmas.

Após o nascimento, sentimos o impacto real da solidão

A vida muda do dia para a noite, a rotina muda, a família nem sempre está disponível para nos ajudar, os amigos têm a mesma rotina de antes com trabalho e compromissos, o marido sai de manhã e volta a noite.

E nós? Vemos o dia todo o ser mais lindo do mundo que só sabe chorar, mamar e fazer cocô.

Não temos muito tempo para ser outra coisa além de mãe.
As visitas chegam e o assunto é sempre o mesmo, bebê, bebê, bebê.

Você passou do posto de barriga para ser uma teta!
Parece que o mundo continuou a passar e nós paramos dentro de quatro paredes cuidando e zelando pela nossa cria.

E sério, tudo muda do dia para noite. Esse impacto que você sente é o mesmo que todas as mães no mundo sentem.

Quando você acorda de madrugada para amamentar, muitas mães estão fazendo o mesmo, quando você chora de cansaço.

Várias mães estão chorando, quando você tem vontade de fazer suas malas e fugir por uns dias, várias mães desejam o mesmo, e isso independentemente de classe, cor e gênero.

Não se sinta sozinha, leve com você o mantra de que a noite difícil vai passar, que tudo vai passar.

Esse lindo projeto de vida que é construir um ser humano é difícil sim, mas existem recompensas imensuráveis! E tudo vale a pena, muito a pena!!!

Por Laura Rodriguez

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »