Governo de SP destina arrecadação da Corrida da Mulher para ajuda humanitária a vítimas de chuvas.

vítimas de chuva em sp

Governo de SP destina arrecadação da Corrida da Mulher para ajuda humanitária a vítimas de chuvas.

Mais de R$ 400 mil serão aplicados para compra de kits de higiene, fraldas, colchões e travesseiros para cidades na Baixada Santista vítimas de chuvas.

O Governador João Doria confirmou nesta sexta-feira (6) que a arrecadação total das 15 mil taxas de inscrição da Corrida da Mulher SP será destinada à compra de material de ajuda humanitária para as vítimas das chuvas extremas na Baixada Santista. O valor total deverá superar a cifra de R$ 400 mil.

“São kits de higiene feminina e para crianças, inclusive com fraldas, e de higiene pessoal. Também será possível comprar colchões e travesseiros. A totalidade desses recursos vai atender os desabrigados pelas chuvas, desabamentos e deslizamentos da Baixada Santista, principalmente em Guarujá, Santos e São Vicente”, disse Doria em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Coletiva de imprensa com o Governador João Doria – “Explana o assunto a partir dos 35 minutos de entrevista”.

O maior evento esportivo feminino do país será realizado neste domingo (8), no Parque do Ibirapuera, em celebração ao Dia Internacional da Mulher. Cada uma das 15 mil participantes das provas de 5 km e 10 km de atletismo pagou R$ 30 pela inscrição.

A Corrida da Mulher SP é uma iniciativa da Secretaria de Esportes em cooperação com a Fundação de Apoio ao Corpo de Bombeiros. A arrecadação das inscrições será administrada pela Fundação, que fará a compra do material de acordo com mapeamento efetuado pela Defesa Civil do Estado.

“A Fundação dos Bombeiros administra a aquisição dos kits com total transparência, buscando os melhores preços e de acordo com a necessidade da Defesa Civil, que já sabe as demandas específicas para os desabrigados na Baixada Santista. Se houver sobra de recursos, vai para o Fundo Social de São Paulo”, explicou o Governador.

O sistema de arrecadação adotado na Corrida da Mulher SP poderá se repetir em ações futuras do Governo do Estado para ampliar a capacidade de custeio de atendimento humanitário.

“É um bom modelo para outras atividades, o valor é pequeno e não inibiu as inscrições para participação das mulheres na corrida”, completou Doria.

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Dona Felicidade

Dona Felicidade. Diário da pandemia, entramos na fase verde! Significa que após 7 longos meses vou sair de casa, ainda com muito cuidado e apreensão,

Continuar Lendo »